Análise das atitudes protetoras e arriscadas de Paraná em relação ao menino

Continua após a publicidade.
ad

O conto “Um menino está perdido nas ruas do mundo“, de Clarice Lispector, apresenta o personagem Paraná, que é ambíguo em relação à proteção do menino. Ele pode ser considerado um protetor, já que ajuda o menino em sua busca pela rua, mas também o expõe a riscos por meio de suas atitudes. Nesta aula, analisaremos essas atitudes protetoras e arriscadas de Paraná em relação ao menino.

Paraná é um personagem ambiguo que pode ser considerado alguém que protege o menino das adversidades de uma vida precária na rua, mas também o expõe a riscos
Paraná é um personagem ambíguo que pode ser considerado alguém que protege o menino das adversidades de uma vida precária na rua, mas também o expõe a riscos

Questão:

Paraná é um personagem ambiguo que pode ser considerado alguém que protege o menino das adversidades de uma vida precária na rua, mas também o expõe a riscos

Continua após a publicidade..

a) Identifique no texto e copie no caderno o que indica uma preocupação de Paraná com o menino.
b) Que atitude de Paraná indica que essa proteção também pode ocultar interesses que expõem o menino a riscos?

Continua após a publicidade..

Resolução:

a) No conto, Paraná demonstra preocupação com o bem-estar do menino ao perguntar se ele tem fome e dar-lhe um pedaço de pão. Além disso, ele tenta ajudá-lo a encontrar a rua em que está procurando, mostrando uma preocupação genuína com a situação do menino.

Publicidade

b) No entanto, a atitude de Paraná de enviar o menino em uma missão obscura, sem explicar exatamente o que ele está procurando ou por quê, indica que essa proteção pode ser apenas uma fachada para interesses ocultos. Além disso, Paraná deixa claro que espera algo em troca pelo que fez pelo menino, sugerindo que suas intenções podem não ser totalmente altruístas.

Em conclusão, o personagem de Paraná no conto “Um menino está perdido nas ruas do mundo” é ambíguo em relação à proteção do menino, apresentando atitudes protetoras e arriscadas. Embora demonstre preocupação genuína com o menino em alguns momentos, suas ações também indicam que ele pode estar expondo o menino a riscos em troca de interesses ocultos. Essa ambiguidade torna a personagem de Paraná ainda mais intrigante e complexa, oferecendo uma rica oportunidade para análises literárias mais aprofundadas.