Continua após a publicidade.
ad

É clássica a imagem de um gato doido para abocanhar um peixe em desenhos animados infantis. Ou também, a imagem do implacável caçador de ratos. Se você convive com um gato, ainda pode ter se deparado com o bichano caçando pequenos animais, como baratas e pássaros, ou até mesmo ganhado um animal morto como um caloroso presente.

E essa imagem é óbvia. Gatos são carnívoros. Felinos selvagens são implacáveis caçadores. Os gatos domésticos podem não ser tão implacáveis assim, mas mantém o instinto de caçadores, além de ter uma fisiologia toda voltada e adaptada para uma alimentação onde predomina o consumo de carne.

O vegetarianismo e o veganismo estão cada vez mais em alta, em um movimento que ocorre com força por todo o planeta, como uma maneira de não explorar ou ser cruel com os animais, e como um movimento que preza pela diminuição das mudanças climáticas, dado o grande impacto da criação de animais, tanto no desmatamento quando na emissão de gases de efeito estufa.

Continua após a publicidade..
ad

Por isso, muitos veganos tentam trazer seus pets à essa alimentação.

Uma dieta vegana poderia ser boa para gatos?

Uma dieta vegana poderia ser boa para gatos? Imagem: Pixabay

O ser humano é um animal onívoro – ou seja, come de tudo. Portanto, podemos facilmente substituir a carne. Comendo da forma correta, podemos suprir todas as nossas necessidades de vitaminas e proteínas com uma alimentação 100% vegetal.

Mas e quanto aos felinos domésticos, carnívoros por natureza? Uma dieta vegana poderia ser boa para gatos?

Continua após a publicidade..
ad

Pensando nisso, Andrew Knight, da Universidade de Winchester, no Reino Unido, e sua equipe fizeram uma análise bem completa para entender essa possibilidade.

Por meio da análise de respostas de respostas de 1.369 donos de gatos que relatavam sobre a saúde e dieta dos animais, vegana ou carnívora, durante um período de ao menos um ano, os cientistas montaram o estudo, que foi publicado pela equipe no periódico PLOS ONE.

Com base nos dados, os cientistas filtraram por algumas categorias – como se os gatos eram ou não castrados e as suas idades, para que fatores como esses não interferissem nos resultados.

Gatos veganos frequentam menos o veterinário. De 22 distúrbios de saúde específicos, 41 % dos gatos carnívoros sofriam de pelo menos um deles, enquanto o percentual entre os gatos veganos era de 37%. Esses quatro pontos percentuais, entretanto, não são, estatisticamente, muito significativos.

O segundo ponto apontado pela análise dos dados, entretanto, possui um maior peso.

Dos mesmo 22 transtornos, 15 eram mais comuns em gatos carnívoros e apenas 7, nos gatos que seguiam dietas veganas.

Publicidade
ad

“Essa tendência foi clara e consistente”, explicam os pesquisadores no estudo.

Alertas

Uma dieta vegana poderia ser boa para gatos? Talvez não completamente. Nos pontos analisados pelo estudo, sim. Mas não se baseie somente nisso.

O estudo trás apenas algumas evidências, não a verdade absoluta. Devemos lembrar que o método científico é uma construção constante, e uma alimentação inteira não pode ser baseada em um único estudo.

A fisiologia dos gatos, como já citado, é adaptada para uma alimentação carnívora. Se for tentar trazer seu gato ao mundo do vegetarianismo, portanto, consulte um veterinário, já que as necessidades alimentares de um gato são muito diferentes das necessidades de um humano.

Há, no mercado, rações veganas. Elas possuem os nutrientes e o teor proteico que os felinos necessitam.

Não tente alimentar por conta seu bichano com legumes e grãos, pois você pode deixá-lo com alguma deficiência nutricional. O veganismo é importante, mas o bom senso precisa ser colocado em primeiro lugar.

A Associação Veterinária Britânica afirmou que “os veganos estão mais interessados do que os vegetarianos em impor seu sistema de valores a seus animais de estimação”. Segundo o artigo, “Isso é preocupante, particularmente no que diz respeito aos gatos, que são carnívoros obrigatórios (sem mencionar que alimentar um gato com uma dieta vegana ou vegetariana pode significar que os donos provavelmente estão negligenciando seu animal de estimação sob a Lei de Bem-Estar Animal [Lei vigente na Inglaterra], pois estipula que os proprietários devem fornecer uma dieta adequada específica para cada espécie”.