Continua após a publicidade.
ad

A SpaceX recentemente fez avanços significativos no desenvolvimento de sua tecnologia Starlink, prometendo potencializar a conectividade em locais remotos pelo globo. Com o lançamento de foguetes equipados com satélites dedicados, a empresa busca oferecer redes móveis via satélite, dando os primeiros passos para erradicar regiões sem sinal de comunicação no mundo.

Embora detalhes sobre a eficácia da transmissão das mensagens através do Starlink tenham sido escassos, imagens divulgadas sugerem que a troca de mensagens curtas e emojis já é uma realidade. Isso aponta para uma aplicação prática do serviço, ainda que o suporte mais amplo para envio de dados, como voz e arquivos mais robustos, possa estar reservado para os próximos anos.

Continua após a publicidade..

A taxa de transferência de dados inicialmente esperada situa-se em um patamar modesto se comparada às redes 4G ou 5G, mas representa um marco essencial no caminho para uma conectividade global mais inclusiva.

Continua após a publicidade..

À medida que a tecnologia avança, a SpaceX desponta no cenário da comunicação móvel, trabalhando para expandir a cobertura de rede globalmente. A empresa tem como alvo cenários onde a conectividade é precária, como em situações de emergência.

A proposta da SpaceX visa democratizar o acesso à comunicação via satélite, antes vista apenas em dispositivos como os mais recentes iPhones ou alguns modelos da Huawei. Ainda que poucos modelos de celulares sejam atualmente capazes de tal feito, a ideia é que mais aparelhos possam, no futuro, se beneficiar desta tecnologia.

Publicidade
A internet da Starlink é capaz de oferecer acesso de internet em qualquer lugar do planeta Terra.

Por ora, dispositivos da Apple possuem uma funcionalidade limitada, focada no envio de mensagens SOS em situações críticas, possibilitando o contato direto com serviços de emergência. No entanto, a nova tecnologia ainda está em fase de aprovação pelas agências reguladoras, como o FCC nos Estados Unidos.

Operadoras de telefonia móvel já demonstraram interesse na infraestrutura proposta pela SpaceX. Nos Estados Unidos, a T-Mobile se destaca, enquanto na América Latina companhias como a Entel, com atuação no Chile e Peru, também estão engajadas.

Conforme o cronograma divulgado pela Starlink, parte da SpaceX, espera-se que os clientes possam enviar mensagens de texto via satélite já em 2024. Para o ano seguinte, está previsto o envio de voz e dados, bem como o comando de dispositivos IoT, enriquecendo assim, o leque de possibilidades de comunicação.

Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e apaixonado por tecnologia, atualmente trabalho com projetos web e tenho orgulho de ser o idealizador do site Solte a Palavra.