Continua após a publicidade.
ad

Hoje o uso de smartphones é tão comum como a televisão já foi na vida das pessoas. O Brasil, por exemplo, é um dos cinco países com a maior quantidade de usuários. Isso porque esses dispositivos se tornaram um verdadeiro “canivete suíço” dos aparelhos móveis. Através dos smartphones as pessoas realizam suas operações bancárias, tiram fotos, conversam com amigos, assistem filmes e jogam. Portanto, perder ou, pior ainda, ter um celular roubado é um prejuízo significativo para o dia-a-dia de muita gente.

Na internet você pode encontrar dezenas de tutoriais explicando o que fazer no caso de uma perda ou roubo. Nos itens abaixo descreveremos três passos rápidos do que fazer caso passe por essa situação. Antes de iniciarmos gostaríamos de destacar dois pontos importantes caso isso aconteça com você. Primeiro, não entre em pânico pois isso irá dificultar sua capacidade de raciocínio. E segundo, também não perca tempo e comece a agir o quanto antes. Cada segundo ajuda a minimizar os riscos de segurança no caso de uma perda ou furto de smartphone.

Continua após a publicidade..

O primeiro passo vem na verdade antes da ocorrência, pois se você tomar algumas precauções isso facilitará em muito todo o processo. A tela de bloqueio, por exemplo, é o mínimo a se fazer. Seja por impressão digital, reconhecimento facial ou um código PIN. Sempre verifique as formas de segurança que o seu celular te permite usar. 

Depois habilite as opções de backup que estão integradas no seu aparelho. Todo dispositivo móvel moderno, seja Android ou iOS, vem com alguma forma de backup que irá te ajudar a recuperar seus dados no caso de uma perda ou até mesmo para facilitar a troca de celular.

Continua após a publicidade..

Outra precaução mandatória é ativar a autenticação em dois fatores, ainda mais se o celular for uma importante ferramenta para o seu trabalho. Ela adiciona uma barreira extra que dificulta a ação de hackers para acessar suas contas e proteger seus dados.

2. Tente acessar seu celular roubado ou perdido remotamente

Este é um guia rápido, porém se você procura uma versão mais detalhada aqui tem um tutorial mais extenso de como rastrear o seu celular.

Publicidade

Muitos dispositivos modernos oferecem formas de buscar pelo seu aparelho caso ele esteja devidamente registrado nos serviços de rastreamento da empresa. Em IPhones você tem “Buscar”, nos telefones da linha Google Pixel existe o “Encontrar meu dispositivo” e para Samsungs Galaxy você pode usar o app da “SmartThings Find”. A seguir descreveremos o passo a passo para cada tipo:

Para iPhones:

  • Acesse o iCloud na web
  • Escolha “Buscar”, ela permite ver a última localização reportada pelo seu iPhone
  • Ative o Modo Perdido que dá informações para quem encontrar o dispositivo poder devolvê-lo
  • Caso ache que não conseguirá recuperar o dispositivo, você pode apagá-lo remotamente

Para Google Pixel:

  • Acesse o “Encontrar meu dispositivo” via web
  • Cliquem em “Dispositivo seguro” para bloquear seu aparelho e desconectar a conta da Google
  • Do mesmo modo, se achar que não terá como recuperar o celular, clique em “Apagar dispositivo” que o smartphone será completamente formatado

Para smartphones Samsung

  • Abra o SmartThings Find na web
  • Você verá um mapa com opções similares aos itens anteriores
  • No app você pode bloquear o aparelho até que alguém o devolva ou então apagá-lo por completo

Proteja todas as suas contas

Além das medidas para proteger seu celular, você também tem que pensar nas contas que você acessa a partir dele. Portanto, se você utiliza muito seu celular para ver seu e-mail, contas bancárias e outros serviços, esse também se torna um passo fundamental.

No caso de perda ou roubo, a melhor coisa a se fazer é alterar todas as suas senhas para suas contas digitais. Também lembre-se de pedir para desconectar todos os aparelhos móveis que têm acesso a aquela conta. A maioria dos serviços web hoje oferecem esse tipo de recurso.

Você também deve avisar todos seus amigos, familiares e pessoas próximas sobre a perda ou furto do aparelho, caso o celular caia nas mãos de alguém com más intenções. Ligue para sua operadora e peça para bloquear as chamadas e mensagens de texto do seu número. Por fim, não deixe de entrar em contato com seus bancos caso você tenha apps deles instalados no celular.

Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e apaixonado por tecnologia, atualmente trabalho com projetos web e tenho orgulho de ser o idealizador do site Solte a Palavra.